COBERTURAS EM VIDRO

COBERTURAS EM VIDRO OU TETO DE VIDRO?

Voce sabia que o vidro é Aplicado em janelas, guarda corpo, Box de chuveiro, coberturasem vidro e fachadas, portas de vidro.

A técnica de envidraçamento de coberturas se tornou algo comum na construção e no interior da casa. Por ser um material translúcido, o vidro pode ser aplicado em alguns pontos estratégicos para deixar os ambientes mais funcionais e aconchegantes.

Alguns modelos de Coberturas em Vidro.

Toldos em CuritibaToldos em CuritibaToldos em CuritibaToldos em CuritibaToldos em Curitiba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Teto de vidro ou coberturas em vidro?

Telhados de vidro são perfeitos para fechamento de ambientes, sacadas, coberturas, garagens, jardins de inverno ou áreas de piscinas. Os vidros mais usados nesse tipo de instalação, são os vidros laminados e os vidros temperados.

Tipos de Vidro.

Obsidiana: vidro formado naturalmente.
  • Vidro para embalagens – garrafas, potes, frascos e outros vasilhames fabricados em vidro comum nas cores branca, âmbar e verde;
  • Vidros para a construção civil – Vidro plano – vidros planos lisos, vidros cristais, vidros impressos, vidros refletivos, vidros anti-reflexo, vidros temperados, vidros laminados, vidros aramados, vidros coloridos, vidros serigrafados, vidros curvos e espelhos fabricados a partir do vidro comum;
  • Vidros domésticos – tigelas, travessas, copos, pratos, panelas e produtos domésticos fabricados em diversos tipos de vidro;
  • Fibras de vidro – mantas, tecidos, fios e outros produtos para aplicações de reforço ou de isolamento;
  • Vidros técnicos – lâmpadas incandescentes ou fluorescentes, tubos de TV, vidros para laboratório (principalmente o vidro borossilicato), para ampolas, para garrafas térmicas, vidros oftálmicos e isoladores elétricos;
  • Vidro temperado – aquecimento entre 700° e 750° através de um forno e resfriamento com choque térmico, normalmente a ar, causando aumento da resistência por compactação das camadas superficiais. O aumento da resistência mecânica chega a 87%. O vidro após o processo de têmpera não poderá ser submetido a lapidação de suas bordas, recortes e furos.
  • Vidro laminado – composto por lâminas plásticas e de vidro. É utilizado em para-brisas de automóveis, claraboias e vitrines.
  • Vidros comuns decorados ou beneficiados – São os vidros lapidados, bisotados, jateados, tonalizados, acidados, laqueados e pintados, utilizados na fabricação de tampos de mesas, prateleiras, aparadores, bases e porta-retratos. Nas espessuras de 2 mm a 25 mm (já se fabricam vidros planos de até 50 mm, para fins especiais em construção civil).
  • Vidro Colorido – Para o vidro ficar colorido é necessário a adição de alguns matérias antes da fundição por exemplo: para ficar na cor vermelho cadino e selênio, já o beje é necessário ter uma mistura de enxofre, resina vegetal e grafite.[8]
  • Vitrocerâmica – obtido submetendo o vidro comum a temperaturas elevadas (500°C-1000°C) o que provoca a sua cristalização. Possui maior resistência.
  • materia retirada da wikipedia. referencia da materia https://pt.wikipedia.org/wiki/Vidro
TOP